• Igreja de Santiago

    Património de Alcácer do Sal

Reflexo de cidade na água.

Deslumbra e encanta, marcando uma presença forte na paisagem da cidade.

Deslumbra e encanta, marcando uma presença forte na paisagem da cidade.

Já existia no séc. XVII e  ganha a forma atual por ordem de D. João V, na qualidade de Grão-mestre da Ordem de Santiago, no século XVIII.

As duas torres sineiras, adornadas de ninhos de cegonha são chamariz do olhar; a fachada principal apresenta um pórtico de mármore de frontão curvo.

Reflexo de cidade na água, ao anoitecer

Igreja de Santiago – Alcácer do Sal – anoitecer.

O  seu exterior, sóbrio, despojado e retilíneo, contrasta com a riqueza do interior, onde se destacam as pinturas, a talha e os painéis de azulejos.

O templo, constituído por uma só nave de grandes proporções, tipicamente setecentista, é ladeado pelos arcos das capelas de inspiração maneirista e barroca.

Como visitar?

  • Acesso:

    Rua Dr. Manuel Augusto de Matos, Travessa das Escadinhas de Santiago e Rua Doutor Nobre, em Alcácer do Sal.

  • Horário:

    De terça a sexta-feira, das 10h às 12h30 e das 14h30 às 18
    Sábado, das 10h às 12h30

  • Contacto:

    92 64 62 939

Igreja refletida na água

O seu exterior, sóbrio, despojado e retilíneo, contrasta com a riqueza do interior, onde se destacam as pinturas, a talha e os painéis de azulejos.

Mais impressões da Igreja de Santiago

Guida Brito
Author: Guida Brito

© Copyright - AlentejoTurismo.pt