Artigos

Barco - Cais Palafítico da Carrasqueira – Concelho de Alcácer do Sal – Alentejo

Cais Palafítico da Carrasqueira

Recuamos no tempo e deixamo-nos levar pelo infinito. Um lugar mágico onde o silêncio faz todo o sentido. Imaginamos as mãos – mãos rudes gastas pelo tempo – que entre as linhas, o barco e a azáfama, substituem as velhas tábuas que garantem o pão.

Carroça - Museu vivo – Grandaços – Concelho de Ourique - Alentejo

Museu vivo

Grandaços, no Concelho de Ourique, destaca-se por características que fazem desta povoação um Museu vivo e pela a forma como nos integra.

Beleza e simplicidade em tons de azul e branco - Escola primária – Aldeia dos Elvas – Concelho de Aljustrel

Escola Primária da Aldeia dos Elvas

A velhinha Escola Primária já não abriga a criançada mas ainda acolhe os que criou. Florida e poeta continua teimosa na transmissão de saberes: humildade e grandeza de ser continuam impressas no corrupio do colorido que a envolve.

Lavadouro público - Poço de Alcarias – Concelho de Ourique

Poço de Alcarias

O poço de Alcarias é lindo: quer pelo casario circundante, quer pela doçura das suas cores; quer pela poesia que se faz ouvir nas paredes de branco cal. Lugar recomendado por AlentejoTurismo.pt.

Gota - Rota CM1138 - Rota das Abetardas - Reserva da Biosfera da UNESCO

Rota CM1138 – Rota das Abetardas

O roteiro que lhe propomos distingue-se do comum e traça a intocabilidade – um dos últimos paraísos a nível europeu. Castro Verde: um concelho com inúmeras potencialidades ao nível do turismo ornitológico e, cada vez mais, uma referência no roteiro de turistas adeptos da observação de aves ou birdwatching. Após a época de acasalamento (finais de abril), as abetardas deslocam-se para esta zona para nidificarem e criarem os pintos.

Cata-Ventos

Os cata-ventos proliferam no cimo das chaminés e telhados e, outrora, orientavam práticas agrícolas e atividades ligadas à pesca. Determinam a direção do vento e são verdadeiras obras de arte que transmitem a visão do real e do imaginário, sentida pelo povo alentejano.

Igreja branca

Santuário de Nossa Senhora do Castelo

O santuário de Nossa Senhora do Castelo deslumbra no encanto da vasta paisagem. Uma majestosa escadaria sobe o serro; desde a rua de Nossa Senhora do Castelo até ao adro da igreja. Uma tela viva desperta e atrai todo o olhar; uma profusão de cores pinta, com ternura, tudo o que a nossa vista alcança.

Ermida e azinheira - Ermida de São Pedro das Cabeças

Rota N123-2 – Rota da Batalha de Ourique

Devido à sua beleza, à grandiosidade da paisagem que se observa do miradouro natural, ao rio Cobres, ao singelo povoado, às lendas que nos transportam à independência de Portugal e à magnanimidade da encosta do Cerro, o Alentejoturimo considera este destino como Ponto de Visita obrigatório.

Homens e mulher sentados nos bancos de rua

Cante espontâneo

Os bancos são palco de convívio e de discussão da vida do “monte”, da aldeia ou da cidade; são memórias gravadas no ser de quem viveu um Alentejo com esforço – um filme cuja película se desenrola num passado presente nas gentes de agora. Um transeunte, umas palavras marotas de gentes afáveis e, entre muitos “dedos de conversas”, pode surgir o “Cante”- foi o que aconteceu ao Alentejoturismo, em Ferreira do Alentejo.

Gurita

Gurita – Guarita – Marco Geodésico

Gurita ou Guarita – assim, são conhecidos, no Alentejo, os marcos geodésicos. Situa-se no Cerro de Nossa Senhora do Castelo, em Aljustrel