• Rota M1109

    De Sines a Porto Covo

Estrada e coração nuvem

As nuvens reconhecem a magnitude do local e agrupam-se em coração.

Conhecida, sobretudo, pelas suas praias: a Rota M1109 encanta em pureza e sedução.

As praias, quase selvagens, resistem à humanização e à degradação do meio que se verifica noutros cantos do Mundo.

Intimas e exclusivas, seduzem pela privacidade que conferem; vivas e serenas, rodeiam-se de secretismos e altas falésias que as abrigam do vento e, muitas vezes, da força das marés.

Esqueça o carro e perca o relógio; caminhe a pé ao longo da encosta. Aprecie as arribas, a fauna, a flora; jante à beira mar, seja cúmplice ao pôr do sol… escolha uma praia só para si: viva de forma intensa uma das zonas mais bonitas do Alentejo, na Rota M1109.

Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina

Aconselha-se um passeio pelos trilhos dos pescadores, a pé.

Paisagens de cortar a respiração; praias intimistas, selvagens e rodeadas por altas falésias convidam ao surrealismo de um puro contacto com a Natureza.

Cascatas, grutas, ilhéus, falésias, ribeiras, vida selvagem, lagoas, águas límpidas e puras constituem um dos últimos refúgios a nível europeu.

Ouse, liberte-se de amarras e caminhe ao encontro do desconhecido; vá muito além do sugerido e descubra um Alentejo por desbravar.

  • Ponto 1

    Barcos e cidade

    Porto de Pesca de tradição secular em Sines

    O percurso (Rota M1109) que lhe sugerimos: inicia-se em Sines e termina em Porto Covo (16 km).

    Sines – uma cidade com história, cultura e tradição. À beira mar plantada; do céu inspira-se o azul e vislumbra-se a sua saia rodada: a baía. No alto da falésia cusca o infinito e deslumbra para lá do horizonte.

  • Ponto 2

    Luz, cor e sedução, convidam a passeios à beira mar, em qualquer estação (registo fotográfico: primavera).

    Praia Vasco da Gama – a cidade de Sines, vaidosa, escorrega pela colina exibindo orgulhosa a mais bela saia bordada: uma formosa baía. Aconchegada, a Praia Vasco da Gama completa o cenário paisagístico, visível do alto da falésia.

  • Ponto 3

    São Torpes.

  • Ponto 4

    Praia da Plengana – uma praia íntima, sossegada e pouco frequentada: o que lhe confere privacidade mesmo durante a época alta.

  • Ponto 5

    Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina

    Uma duna, também chamada em português “medão” ou “medo”, é uma elevação (ou “monte”) de areia, com as formas características que a sua relação dinâmica com o vento lhe confere. A elevada variedade de flora litoral confere uma maior beleza à praia.

    Praia de Morgavel – convida a banhos, à paz e à tranquilidade. Um verdadeiro anti-stress oferecido pela mãe Natureza.

  • Ponto 6

    Praia de Vale Figueiros – Vieirinha – Sobejamente conhecida na região, faz as delícias da criançada. Possui um grande ilhéu – visitável na baixa-mar. É frequentada por surfistas, bodyboarders,  mergulhadores, pescadores e famílias com crianças. Na estrada siga a indicação “Pedra da Casca”. na Rota M1109.

  • Ponto 7

    Praia do Carreirinho da Luísa – de pequenas dimensões e abrigada do vento: ostenta águas límpidas; piscinas naturais de águas quentes; privacidade;  inúmeras poças onde é possível observar a diversidade de seres vivos presentes na zona “entre marés”.

  • Ponto 8

    Praia da Oliveirinha

  • Ponto 9

    Rota M1109 : ribeira na praia

    Fascínio.

    Praia da Foz do Burrinho – selvagem, silenciosa – um paraíso. Na areia, observamos o excesso de afluência: inúmeras pegadas prendem o olhar. Lontras, aves, raposas e muitos outros animais repartem o extenso areal e as dunas.

  • Ponto 10

    Praia dos Canudos

  • Ponto 11

    Praia da Mesa

  • Ponto 12

    Praia do Burrinho

  • Ponto 13

    Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina

    Possui uma lagoa e uma cascata de água doce.

    Praia da Samoqueira – considerada, pelos que a visitam, uma das mais belas praias do Mundo (pelo cenário divino que nos envolve e acaricia). Intimista, serpenteia por entre os recortes na falésia oferecendo águas esmeralda, num ambiente paradisíaco. Caminhe a pé pelos trilhos dos pescadores e adira às selfies junto das avestruzes e dos burros que se encontram em frente à praia.

  • Ponto 14

    Praia do Porto Covinho – abrigada do vento, retrata, na perfeição, a imensidão do quero ali estar.

  • Ponto 16

    Praia do Salto – com um ambiente de privacidade e tranquilidade, faz parte, desde 2002, do grupo restrito de praias naturistas reconhecidas oficialmente em Portugal; é considerada a melhor das oito existentes no país.

  • Ponto 17

    Ilhéu

    Abrigada do vento, a praia permite uma ida “ao banho” durante quase todo o ano.

    Praia da Cerca Nova – apesar de não ser vigiada, as suas areias são limpas com regularidade e a qualidade das suas águas é visível ao olhar. Seduz, em pureza, do alto da falésia.

  • Ponto 18

     Praia Grande de Porto Covo – a praia Grande integra a frente urbana de Porto Covo e é uma das mais procurada pelos turistas.

  • Ponto 19

    Praia do Espingardeiro – entre as falésias, é abrigada do vento e das marés. Meio selvagem proporciona um ambiente íntimo.

  • Ponto 20

    Praia do Banho – deve o seu nome ao tradicional banho de 29 de agosto. Este banho é um evento de cariz cultural com origens pagãs. Diz-se que o banho, nesse dia, vale por 9. Por tradição, as pessoas do interior deslocavam-se ao litoral com o intuito de se banhar.

  • Ponto 21

    Praia da Gaivota – para aceder a este pequeno paraíso é necessário aguardar pela maré vazia: a entrada faz-se por uma reentrância na rocha, a partir da Praia do Banho.

  • Ponto 22

    Praia Pequena – em plena aldeia, existe uma praia que lhe confere silêncio, serenidade e puro contato com a Natureza: a Praia Pequena.

  • Ponto 23

    Praia dos Buzinhos

  • Ponto 24

    Casas com barra azul e porta vermelha e árvore

    Casa tradicionais da praça de Porto Covo

    Porto Covo – não se renda, apenas, ao traçado da praça central, deambular pelas ruas, conhecer a beira-mar e beber os tons que aqui dão vida: é seduzir-se na pureza do Alentejo. Aqui, onde a Terra toca o mar, tudo é luz de puro sentido. Porto Covo é vermelho, é azul e é mar.

    O Alentejoturismo considera este roteiro (Rota M1109) um dos mais bonitos do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina.




Pontos de interesse em Rota M1109

Hotéis



Booking.com

Alojamentos recomendados por alentejoturismo.pt

Restaurantes

Toggle Content goes here

Postos de assistência médica

Centro de Saúde de Sines

Morada:Alameda da Paz – Sines

Telefone Geral: 269 870 440

Horário :  de 2ª Feira a 6ª feira  (08:00 – 20:00)

Saúde 24

  • Telefone: 808 24 24 24

Hospital do Litoral Alentejano 

Postos de gasolina

Endereço: Av. Gen. Humberto Delgado 17, 7520-144 Sines

Estações de correio

LARGO JÚDICE FIALHO N.º 4 B, SINES
7520-999 SINES

Dias úteis : 09:00 – 12:30 , 14:00 – 18:00

Mais impressões de Rota M1109

1 reply
  1. Paulo
    Paulo says:

    Parabéns por essas palavras e imagens! Sem duvida que é uma das mais bonitas estradas do litoral alentejano! Dá vontade de a fazer vezes e vezes sem conta.

Deixe um comentário

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

© Copyright - AlentejoTurismo.pt