• Rota das Tabernas

    Concelho de Castro Verde

Homens com traje

” Os Cardadores da Sete” (grupo coral de cante alentejano)- “Branco ou tinto? Cheio!”

Com o objetivo de valorizar e perpetuar o património cultural alentejano, alguns concelhos dos Alentejo têm revitalizado as Tabernas; recorrendo a eventos cuja aderência ultrapassa os limites da lotação destes estabelecimentos de outrora.

Pessoas numa taberna.

Interior da taberna: “O João das Cabeças”- “Branco ou tinto? Cheio!”

Durante o Festival “Sete Sóis Sete Luas”, decorre o roteiro cultural “Branco ou tinto? Cheio!” por quatro tabernas de Castro Verde.



Um homem com saxofone e outro com acordeão.

A banda segue na frente, rumo às tabernas- “Branco ou tinto? Cheio!”

Homem a servir vinho

Taberneiro a servir os visitantes-“Branco ou tinto? Cheio!”

Inicia-se com a distribuição de copos e quatro senhas para provas dos néctares alentejanos. As ruas são percorridas a toque de banda que nos leva às existentes na vila.

O evento transporta-nos à ceifa, à monda, aos serões… integra-nos num Alentejo sem TV ou outras tecnologias- um Alentejo de cante e de petiscos; cujo sabor se perpetua na memória dos que o vivenciaram.

Comida na mesa

Cachola frita e pica pau (petiscos oferecidos pelas tabernas)- “Branco ou tinto? Cheio!”

Cachola frita, pica-pau, torresmos, azeitonas e este pão inigualável são alguns dos acepipes que aguardam os que se juntam à folia.

Um pé de dança e multidões de gentes avivam as Tabernas alentejanas e difundem sons musicais típicos deste lugar que fascina e atrai: Alentejo.

Mais impressões da Rota das Tabernas

0 respostas

Deixe um comentário

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

© Copyright - AlentejoTurismo.pt