• "Cante"

    Ser Alentejano

Homens com trajes tradicionais.

Grupo coral de cante alentejano: aguarda a arruada ,na entrada da taberna- “Branco ou tinto? Cheio!”

Cante – Património Imaterial da Humanidade UNESCO

O “Cante”  Alentejano,  uma das mais importantes tradições portuguesas, é Património Imaterial da Humanidade da UNESCO.

Um património coletivo que nos transporta à forma simples mas grandiosa do ser alentejano.

Em eventos dinamizados pelos municípios ou no final da tarde, entre petiscos, nas tradicionais tabernas, o “Cante”  ainda se faz ouvir de forma espontânea ou organizada (grupos corais);  onde quer que haja alentejanos: o “Cante”  faz parte da sua identidade.

Origens árabes? Judaicas? Cristãs? O “Cante” não nos revela a origem que de todos é desconhecida.

Ao longo dos séculos, foi abraço, alívio e companheirismo, nas árduas horas de trabalho, sob o sol da planície. Foi afeto e alegria na passagem de voz aos mais jovens.  Sentido no “vai mais uma moda?” Foi e é a tradução mais fiel, ao isto “de ser Alentejano”.

Mulheres alentejanas

Hoje, há grupos masculinos, femininos e mistos (como no campo, onde lado a lado entoavam a mais lindas modas). Cante – Património Imaterial da Humanidade UNESCO

As “Modas”

Chamam-lhe modas e ninguém sabe quem as escreveu; amor, planície seca e quente, trabalho do campo, santos das aldeias… são os temas abordados.

Crentes e não crentes cantam os cânticos dos reis ao menino- no mais singelo ato de respeito e humildade perante as diferenças individuais.

No inicio do séc.XX, em tempos de ditadura, o governo criou os grupos corais masculinos que trajavam com  rigor: trajes domingueiro, trajes de burguesia e trajes de trabalho.

Em tempos de miséria, fome e repressão, são os grupos corais alentejanos que trapaceiam a censura e cantam, em coro, o som da discórdia; e, no parece que estão dormindo, são viva voz de todo um povo. Não se nasce alentejano: é-se alentejano.

E é o “Cante”  que inicia a revolta que põe fim a tempos austeros em território português. Hoje, há grupos masculinos, femininos e mistos (como no campo, onde lado a lado entoavam a mais lindas modas).




Homens com trajes na rua a levar mantas de lã de ovelha

As mantas são elaboradas em teares com lã de ovelha – Cante – Património Imaterial da Humanidade UNESCO

Polifonia única

O que define o cante como polifonia única? Dois solistas e o coro. “Quem arranca a “moda” é o ponto com voz precisa, seguida do alto (voz mais aguda e com mais cor). Por fim, o coro exprime a voz coletiva do Alentejo e todo o seu sentido.

Onde quer que haja alentejanos: o cante faz parte da sua identidade.

Pontos de interesse em Alentejo (Cante)



Booking.com

Alojamentos recomendados por alentejoturismo.pt

    Calmaria Guesthouse

    Chalé da Baía

    Casa do Escritor

    Castle in Blue Apartments

    Hotel Apartamento Sinerama

Ver “Oque comer?” no Concelho de Castro Verde.




Mais impressões de “Cante”

Guida Brito
Author: Guida Brito

© Copyright - AlentejoTurismo.pt